Sebrae Acesse o Portal Sebrae
Você está na ASN

Agência Sebrae de Notícias

 Darío G. Neto ASN Ba
ASN BA 30/07/22 às 23:00 Atualização 31/07/22 às 01:34
Compartilhe

Casa cheia: empreendedoras marcam presença na 1ª Feira das Pretas

Por Cristiana Fernandes
ASN BA 30/07/22 às 23:00 Atualização 31/07/22 às 01:34
Compartilhe

Evento atraiu grande público em busca de gerar negócios, capacitações, networking, além de ampliação do alcance de novos mercados

Neste sábado (30), o Sebrae em Salvador promoveu a 1ª Feira das Pretas, evento idealizado para fomentar e celebrar a trajetória empreendedora de mulheres negras da capital baiana e região metropolitana, além de comemorar o Dia da Mulher Negra, Latina e Caribenha. Com a casa cheia, a Agência Sebrae Costa Azul atraiu um grande público em busca de gerar negócios, capacitações, networking, além de ampliação do alcance de novos mercados para garantir a sustentabilidade e independência financeira de seus negócios.

“Através do programa Sebrae Delas, o Sebrae desenvolve ações que refletem o reconhecimento da instituição sobre a importância de apoiar o empreendedorismo feminino. A gente verifica que a maioria das mulheres empreendem por necessidade, sobretudo as negras, então, precisamos trazer conteúdos, cursos, capacitações e consultorias que melhorem as habilidades e as competências dessas mulheres para que elas consigam manter os seus negócios sustentáveis e em pleno desenvolvimento”, explica Taiane Almeida, gestora do Programa Sebrae Delas em Salvador.

Ter a própria empresa sempre foi o sonho da empresária Quezia Conceição. Através da Quefá Buffet, empresa que trabalha com pãezinhos, doces, bolos e sobremesas, ela coloca em prática o seu objetivo de proporcionar às pessoas experiências incríveis através do alimento e, apesar de ter sido a primeira expositora a esgotar os produtos levados para comercialização, Quezia tem outro momento como o mais importante da feira. “A maior lição de hoje foi a união das mulheres pretas porque somos as que mais enfrentam dificuldades na sociedade. Essa foi uma feira para que a gente se veja e perceba que não estamos só e que, por mais difícil que seja, podemos dar as mãos e seguir em frente”, assegurou.

Além da feira que contou com a exposição de 15 empreendedoras de diferentes segmentos, a programação teve a realização de palestra sobre Acesso a novos mercados, com Rebeca Lisboa; mentoria de Posicionamento estratégico, com Iasmine Fernandes; atividade de Dança circular, com Dandara Brazil; e Talk show com as empreendedoras Quércia Naiane, Eugênia Santos – conhecida como Negga Chic – e Anna Telles, consideradas cases de sucesso, com mediação de Rosangela Gonçalves, gestora estadual do programa Sebrae Delas.

Para a empresária Quércia Naiane, participar desse evento lhe trouxe à memória a Quércia de oito anos atrás. “Eu era uma menina nova que procurou o Sebrae para abrir um CNPJ com o sonho de ter um negócio e, hoje, estou aqui como referência. É importante a gente falar do êxito, mas é muito importante falar da caminhada até chegar nele. Essa é a bandeira que eu tenho levantado, mas que o Sebrae já faz há 50 anos”, reconheceu.

A definição dada pela participante Marília Leandro sobre o evento é de que “foi um dia acolhedor, prazeroso e de muito aprendizado”. A dona do salão O Trançado da Preta, empreendimento especializado em mega hair e tranças, conta que não foi simples a decisão de deixar um salão fechado em um dia de sábado. “Vim com o pensamento que eu precisava aprender e entender o que estava acontecendo aqui para me pagar esse dia de trabalho e eu digo que ganhei cinco vezes mais do que se estivesse com o salão aberto”, contou entusiasmada.

Compartilhe
Ficou com alguma dúvida ou tem sugestões? Entre em contato pelo [email protected] ou fale com a ASN em cada UF

Notícias relacionadas